domingo, 1 de março de 2009

PORNOCRACIA

Gustave Courbet (A Origem do Mundo)

Dorme que eu velo
Sedutora imagem
Terna miragem
................................
Nada em mim é risonho
Ou anseia viagem.
Quero-te para sonho
Não para gozo e dor.
.
Tua carne psalma
Fria em meu querer.
Os meus desejos são cansaços
Nem quero ter nos braços
............................................
Dorme, filha, dorme,
Vaga em teu sorrir.
Sonho-te tão bem
Que o corpo me vem
E me venho sem ir.
Mário Cesariny

.....Pedro Abrunhosa & Bandemónio - Talvez Foder

http://jn.sapo.pt/Domingo/Interior.aspx?content_id=1157101

http://users.isr.ist.utl.pt/~cfb/VdS/cesariny.html