sábado, 27 de dezembro de 2008

NATAL IV

ORIGEM

Abrigo dezembro, não porque me traz Natal, a ilusão. Acolho dezembro,

porque em dezembro se alinham as palavras da ode ao novo ano,

porque em dezembro se resguarda a poesia a declamar para os-sem-pão.

Porque em Dezembro tudo se pinta de falso e céu estrelado.

Mas ..... eu ..... canto dezembro porque n’ele também se beija a terra

com a humildade maternal que protege o amor. Quem nasceu?
ANTÓNIO SALVADO
.........................................Então é Natal - Simone

1 comentário:

gabriela rocha martins disse...

espero.TE no virar do ano

novo?
NÃO

2009 espera.NOS
SIM?


.
um beijo