sábado, 18 de abril de 2009

Lugares II

A poeta, ensaísta e investigadora Maria Estela Guedes é membro da A.P.E. - Associação Portuguesa de Escritores, da secção portuguesa da Associação Internacional de Críticos Literários, do Centro Interdisciplinar da Universidade de Lisboa, do Instituto São Tomás de Aquino e Directora do site/plataforma TriploV, depois de em 2008 ter publicado o seu mais recente livro de ensaios e/ou critica literária: A Poesia na óptica da Óptica, prepara-se para publicar o seu novo livro de poesia, intitulado: Chão de papel. Poemas que vislumbram o âmago carnal e sensorial da Guiné-Bissau, a fragrância odorífica do refluxo em espiral do coração (dos corações?). Como refere Nicolau Saião no prefácio ao livro: "Neste livro/poema, cujas jornadas incessantemente se questionam tanto quanto se afirmam — pois que é esse o movimento perene da poesia, ir e vir como se fossem as ondas de um mar na noite ou na claridade — a penumbra ilumina-se a dado passo para ganhar um sentido além da devastação e da amargura. Trata-se duma legítima e nostálgica evocação mas igualmente, ou principalmente, duma transfiguração". Independentemente das neblinas que a amizade por vezes oferece, para além de uma excelente crítica literária (essencialmente sobre a poética Herbertiana), Maria Estela Guedes possui uma poética que urge começar a ser olhada com mais atenção. (P.S. - No final do post, "todas as ligações/links à/para a Maria Estela Guedes").

(...)
Espera a tua morte como se tivesse o tempo todo
À frente para nele se banhar em incenso
Era ali que devias ser sepulta
Com a tua carga de afectos e ondas pesadas
As lembranças
O coração fechado num búzio
A murmurar palavras sabe ao ouvido
Era ali
No fundo das águas a tocar
O lodo verde e menstrual do Geba…
Vai morrer à Guiné se te apraz
Num dia de neblina fria sobre as águas
Na linha imperceptível que separa a lua
Da luz
Vogando para o Oriente Eterno
Na barca de Rá
Depois de passar pela ilha entre ilhas
Bolama
A saber a mangos e a melancolia.
..............Maria Estela Guedes

http://www.triplov.com/estela_guedes/index.html

http://www.triplov.com/estela_guedes/2009/Chao-de-Papel/Nicolau-Saiao.html

http://www.triplov.com/estela_guedes/2009/Chao-de-Papel/index.html

http://fitei.blogspot.com/2008/03/boba-de-maria-estela-guedes.html

http://www.artepoetica.net/Maria_Guedes.pdf

4 comentários:

L.C. disse...

Há lugares assim.

A poesia da Estela é um lugar interessante.


L.C.

gabriela rocha martins disse...

subscrevo.te e acrescento algo mais

urge que a Este___________________ tenha no panorama cultural português o lugar que lhe respeita

parabéns aos dois .um enorme SUCESSO para o livro e um especialíssimo beijo para a Estela Guedes


outro
para ti

gabriela rocha martins disse...

ps - tenho andado com imensa dificuldade em comentar através do meu blogue - canto.chão -. está lentíssimo a abrir .por isso vou fazendo.o por outros caminhos.....


.
um beijo ,Janita ( não o salomé )

gabriela rocha martins disse...

um ano depois ,num dia especial ,um beijo muito especial para a Estela

outro

para ti