quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Rotas Reinventadas

.........................................Miguel Carvalho................................
A visita do amor que não virá

Acerca do lírico amor obscuro
de mim o tempo acúleo cogitava
a morte inclinada em contrição
na geometria mais invisível ele
o rosto oxidado na cegueira fincada
a cítara dos acesos sexos lascados
os clarões do crime nas máscaras
bebendo a luz dos prodígios em bocas
líquidas sementes do cordeiro de deus
sangram os espinhos da ácida língua.

*
Não há lugares profusos nos alfabetos
a paisagem dos acasos - nos corações
transbordam vertiginosas superfícies
as tecedeiras sobre o linho respirando
inversas – o âmago do mistério da voz.

*

- Um dia alguém terá nos dentes lágrimas vivas.

João Rasteiro - In, Se a boca virar faca cortará os lábios (inédito)
.
..............................."A gente vai continuar" - Jorge Palma

3 comentários:

gabriela rocha martins disse...

alguém terá ,um dia ,um rio de lágrimas para alimentar novos poemas

espero.te na margem esquerda


.
um beijo

gabriela rocha martins disse...

olha João ,já que a Maria Gomes me pregou uma partida ,cabe.me a vez de a repassar a alguns amigos ... vai, por favor ,ao canto.chão e ... ciranda ,Amigo!



.
um beijo

Anónimo disse...

facas, lábios e etcsmuito original

http://gothland666.blogspot.com/